O IMPACTO DA INTERVENÇÃO FISIOTERAPEUTICA EM CRIANÇAS COM AUTISMO

Autores

  • Lorrane Ramos da Silva
  • Kauara Vilarinho

Palavras-chave:

Autismo. Fisioterapia. Desenvolvimento Infantil. TEA.

Resumo

O autismo é um tipo de transtorno que pode se manifestar no início da infância e influencia diretamente no desenvolvimento neuropsicomotor da criança, podendo impactar na interação social, comunicação e linguagem. Para o tratamento eficaz a fisioterapia motora tem extrema importância, melhorando a qualidade de vida da criança e da família, fornecendo uma melhora na postura, necessidades diárias das crianças e habilidades motoras. O profissional que atua com uma criança autista deve conhecer essa patologia e estudar a fundo sobre técnicas terapêuticas, aliando à um trabalho que impulsione seu desenvolvimento motor melhorando também a parte de concentração e da interação social. O presente artigo, através de uma revisão bibliográfica, visa analisar os benefícios da fisioterapia na vida cotidiana do autista, seus impactos positivos de avanços e melhoras e seus pontos de dificuldade, mostrando como uma boa intervenção fisioterapêutica pode auxiliar no tratamento dessa síndrome com uso de protocolos cujo objetivo seja melhorar a função motora do paciente melhorando sua qualidade de vida.

Biografia do Autor

Kauara Vilarinho

Fisioterapia, Faculdade Unibras Unidade de Rio Verde. E-mail: dulcilucas@hotmail.com

Downloads

Publicado

2021-11-25

Edição

Seção

Artigos