GAMIFICAÇÃO E METODOLOGIAS ATIVAS: UM NOVO REPENSAR SOBRE O ENSINO DO SÉCULO XXI

  • Natanael Vieira Universidade Estadual do Maranhão
Palavras-chave: Metodologias; Gamificação; Ensino; Estratégias.

Resumo

Ao olhar para o atual ensino nota-se uma grande repetições de métodos no que trata o repasse de conhecimento, a escola adere uma posição tradicional e acaba por não se adequar a modernidade. Pensando nisso, esta pesquisa preocupou-se fazer uma ampla coleta de informações sobre metodologias ativas e gamificação em pesquisas publicadas em periódicos, tendo como realização uma investigação dentro dos ideais de uma pesquisa bibliográfica, com o objetivo de fomentar as suas respectivas importâncias e propor uma possível medida pedagógica escolar. Com base nas análises feitas resultou-se em alguns resultados: As metodologias ativas aquecem o uso das novas tecnologias fazendo promover a adequação do ensino dentro do contexto tecnológico da maioria dos alunos; deixa o aluno num pilar de protagonismo e construtor de seus próprios conhecimentos, além de dinamizar as aulas, elas proporcionam uma revolução modernizada dentro do contexto escolar. Por sua vez, a gamificação tem por pensamento o repasse de conteúdos através das caraterísticas dos jogos, ou seja, esse método possui como idealização a motivação e engajamento em suscitar nos alunos uma maior vontade para aprender. Nesse aspecto, as metodologias ativas e a gamificação são medidas pedagógicas relevantes e eficientes para o ensino. No entanto, esta indagação teve contribuições de alguns teóricos: Zichermann e Cunningham (2011) e Vianna et al. (2013); Hamari, Koivisto, Sarsa (2014) e outros. Sendo assim, ´w válido dizer que a gamificação além de exercer um papel de engajar os alunos, ela está inserida no contexto social da maioria dos alunos, tanto no aspecto tecnológico quanto nos aspectos de games; as metodologias ativas servem de forma importante para inclusão de muitos alunos para ter uma melhor assimilação de conhecimento.

Publicado
2021-02-19
Seção
Artigos