FISIOPATOLOGIA PNEUMÔNICA: ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

  • Fernanda Aparecida Nogueira FAQUI
  • Sandra Lúcia Silva Oliveira FAQUI
  • Raquel Aline de Oliveira Ferreira FAQUI
  • Stéphani Borges Campos FAQUI
Palavras-chave: Enfermidade respiratória. Pneumonia comunitária. Pneumonia hospitalar. Imunocomprometidos. Septicemia.

Resumo

O presente estudo apresenta um estudo sobre a pneumonia, fisiopatologia pneumônica: aspectos epidemiológicos, diagnóstico e tratamento. A pneumonia é uma enfermidade respiratória infecciosa responsável por alta taxa de mortalidade e morbilidade em todo o mundo. É uma infecção aguda do parênquima pulmonar causada por agentes químicos, ventilação ou contaminação local. Este artigo tem por objetivo problematizar a pneumonia em relação à saúde pública indicando os agentes infecciosos causadores dessa enfermidade e apresentar a dicotomia entre pneumonia hospitalar e comunitária. A problemática centra-se em: identificar quais os desafios no Brasil em relação às políticas públicas adotadas para a prevenção da pneumonia? O método desenvolvido para a realização do trabalho foi o dedutivo, utilizando pesquisa em materiais bibliográficos, análises e comparações sobre o tema. Com os resultados espera-se que os dados levantados acrescentam no conhecimento e prevenção contra a pneumonia bacteriana, visto que é um problema de saúde pública e apresenta alto índice de mortalidade.

Biografia do Autor

Fernanda Aparecida Nogueira, FAQUI

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis (fernogueira000@gmail.com).

Sandra Lúcia Silva Oliveira, FAQUI

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis (sandrinha_08_2@hotmail.com).

Raquel Aline de Oliveira Ferreira, FAQUI

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis (raquel.aline2@hotmail.com).

Stéphani Borges Campos, FAQUI

Professora Esp. da Faculdade Quirinópolis, Esp. em Hematologia Clínica e Hemoterapia – Banco de Sangue (stephani_bc@yahoo.com.br).

Publicado
2021-09-17
Seção
Artigos