AVALIAÇÃO DAS DISFUNÇÕES DOS HORMÔNIOS TIREOIDIANOS EM PACIENTES COM SÍNDROME DE DOWN: REVISÃO DE LITERATURA

  • Andressa Alves Silva
  • Aimê Taís Estevão
  • Nádia Araújo Dias
  • Andriely Lucas Lima e Silva
Palavras-chave: Síndrome de Down. Alterações Hormonais. Metabolismo. Hipotireoidismo. Hormônios Tireoidianos.

Resumo

Os hormônios tireoidianos desempenham diversas funções no organismo, por meio de sua atividade no coração, fígado, rins e, em especial, no Sistema Nervoso Central (SNC), participam da mobilização e diferenciação neuronal, sinaptogênese, produção e secreção de neurotransmissores, dentre outros. A Síndrome de Down (SD) é uma doença ocasionada por uma alteração no cromossomo 21, conhecida como trissomia do cromossomo 21. A pessoa com essa síndrome apresenta características e alterações metabólicas que implicam no seu desenvolvimento. O hipotireoidismo é uma das alterações endócrinas-metabólicas encontradas em pacientes com SD e gera repercussões sistêmicas, agravando ainda mais o desenvolvimento bem como o crescimento das crianças com SD. O objetivo deste estudo é realizar uma revisão bibliográfica do tipo descrita com análise de dados indutivos no intuito de elucidar assim como enriquecer a literatura acerca desse tema, uma vez que são escassos os estudos que correlacionam SD com alterações nos hormônios tireoidianos. Portanto, do assunto haverá melhor entendimento bem como correlação dos sujeitos com SD e suas alterações hormonais tireoidianas, uma vez que, um diagnóstico preciso e rápido é essencial para prevenir danos mais severos oriundos principalmente do hipotireoidismo.

Biografia do Autor

Andressa Alves Silva

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis.

Aimê Taís Estevão

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis

Nádia Araújo Dias

Acadêmica de Biomedicina pela Faculdade Quirinópolis

Andriely Lucas Lima e Silva

Docente do curso de Biomedicina da Faculdade Quirinópolis. E-mail: drica_llucas@hotmail.com

Publicado
2021-09-17
Seção
Artigos