FATORES CONTRIBUINTES PARA O ESTRESSE EM ENFERMEIROS DA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • Vanessa Araújo Santos UNIBRAS
  • Gisleynne Maria Bento Lopes Cansado UNIBRAS
  • Iara Maria Pires Perez UNIBRAS
Palavras-chave: Enfermagem. Estresse. Unidade de Terapia Intensiva.

Resumo


O mundo atual mostra que o estresse é a doença que atinge a maioria da população, podendo ser caracterizado como, medo, desconforto, fobia, irritação, raiva, angustia e frustração. Um dos ambientes com maior risco de acarretar o estresse, pode se mencionar o ambiente hospitalar, devido ser um local insalubre, fechado, sem contato com o meio exterior, atingindo maior parte dos profissionais, dando ênfase nos enfermeiros, os quais vivenciam sofrimentos e tristezas do paciente. Além disso, as condições de trabalho são precárias, muitas vezes, desvalorizadas, remuneração salarial baixa, sobrecarga, pressão psicológica por não conseguir êxito nas suas funções, acarretando sérios problemas físicos e psíquicos.

Publicado
2021-09-17
Seção
Artigos