OS BENEFÍCIOS QUE O PILATES PROPORCIONA NA INCONTINÊNCIA URINÁRIA POR ESFORÇO

  • Julia Vaz da Silva UNIBRAS-FACULDADE DE RIO VERDE
  • Amanda Aparecida de Freitas Ferreira
  • Leonardo Squinello Nogueira Veneziano
  • Fernando Duarte Cabra
  • Renato Canevari Dutra da Silva
Palavras-chave: Incontinência, Mulheres, Pilates.

Resumo

RESUMO: A Incontinência Urinária (IU) é um problema multifatorial que afeta principalmente mulheres, em diferentes faixas etárias, causando transtornos e constrangimentos. O pilates tem se tornado uma atividade bastante comum entre a população, sendo praticada tanto como atividade física quanto por orientação médica voltada para a recuperação de problemas de saúde. Dessa forma, pilates e Fisioterapia estão ligados na busca pelo bem-estar. Assim, torna-se relevante uma pesquisa para se obter mais conhecimentos sobre as contribuições e quais são do Pilates no tratamento e na qualidade de vida de mulheres com incontinência urinária. Tem-se como objetivo Compreender como os exercícios fitoterápicos desenvolvidos no Pilates podem contribuir para a incontinência urinária por esforço ocasionando a melhoria das condições de vida social, física e emocional de mulheres idosas acometidas por esta enfermidade. O pilates está sendo cada vez mais procurado pela população, então, conhecer seus métodos abre uma grande oportunidade de mercado para os Profissionais da Fisioterapia. Pilates e Fisioterapia juntos vão além. O Fisioterapeuta faz uma avaliação completa do paciente e designa os recursos do método para um serviço especializado. Conclui-se que por meio dos exercícios de Pilates, além de permitir ao idoso controlar melhor a urina, ele também ganha estabilidade física, consciência corporal e senso de equilíbrio. Isso reduz o risco de quedas e limitações funcionais, reduz as dores nas articulações e ajuda o idoso a realizar as atividades diárias com mais segurança.

Publicado
2021-09-17
Seção
Artigos